Brasil e Alemanha assinarão acordo para agronegócio

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse que será assinado durante o encontro econômico Brasil-Alemanha, em Goiânia, um acordo de cooperação entre os dois países, na área do agronegócio. Na avaliação do ministro, esse acordo ajudará o Brasil a expandir o comércio com a Europa, utilizando a Alemanha como ponto de entrada. Ele explicou que a Alemanha, hoje, aplica barreiras tarifárias específicas a produtos agrícolas brasileiros, como ocorre no caso do café. Enquanto o café verde não tem dificuldades de ingressar no mercado alemão, o produto torrado e moído enfrenta uma escalada tarifária. Como consequência, a Alemanha importa o café brasileiro em grão para torrá-lo, moê-lo e reexportá-lo "com grande competência". Desta forma, o Brasil responde por menos de 1% do mercado mundial do café torrado e moído, enquanto a Alemanha detém mais de 20%. Esse, segundo o ministro, é um dos pontos a ser negociado por meio do acordo bilateral. Ele afirmou que o acordo beneficiará outros produtos como a soja, a carne e o etanol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.