Brasil e Colômbia se unem para vender café à China

Um grupo de empresários colombianos do setor de café vai acompanhar a missão empresarial que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sérgio Amaral, vai coordenar para a China entre 1 e 5 de abril. O plano do ministro, segundo a secretária de Comércio Exterior, Lytha Spíndola, é incentivar o entendimento entre produtores colombianos e brasileiros de café para atuarem juntos na promoção e na busca de parcerias para beneficiamento de café solúvel na China.A intenção é a de que os dois países, grandes exportadores de café, vendam os grãos à China e beneficiem o produto naquele país em parceria com os chineses. Os colombianos têm vasta experiência em promoção do café e o produto do país é reconhecido mundialmente.ÍndiaA secretária informou que, logo após a China, o ministro lidera uma missão para a Índia, onde o País tem interesse nas áreas de medicamentos genéricos, atração de investimentos produtivos, cooperação na área de software e exportações.

Agencia Estado,

05 de março de 2002 | 16h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.