Dida Sampaio | ESTADAO CONTEUDO
Dida Sampaio | ESTADAO CONTEUDO

Brasil e Emirados Árabes assinam acordo para evitar dupla tributação

Com esse acordo, melhoram as condições para o País receber financiamento dos fundos soberanos emiradenses

Lu Aiko Otta, O Estado de S.Paulo

12 Novembro 2018 | 17h43

BRASÍLIA – Brasil e Emirados Árabes Unidos (EAU) assinaram nesta segunda-feira, 12, um acordo para evitar a dupla tributação e para evitar crimes fiscais, como evasão. O ato foi assinado nesta tarde pelo ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, e pela embaixadora dos EAU no Brasil, Hafsa Al Ulama.

Com esse acordo, melhoram as condições para o País receber financiamento dos fundos soberanos emiradenses. “Também reduzirá a triangulação dos recursos por praças financeiras localizadas em outros países, diminuindo distorções na área de investimentos bilaterais”, ressalta nota divulgada pelo Itamaraty. O estoque de investimentos dos EAU no Brasil é hoje de US$ 70 milhões e, na via inversa, são US$ 52 milhões.

A medida vem num momento em que a relação do Brasil com países árabes corre risco de estremecimento. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, indicou que mudará a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém. Se adotada, a medida romperia o equilíbrio da posição brasileira no conflito entre Israel e Palestina – que é apoiada pelos países árabes. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.