carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Brasil é o 2º maior exportador de minérios à China

País vendeu em julho 12,3 milhões de toneladas, registrando crescimento de 42% ante julho de 2008

AE-DOW JONES, Agencia Estado

24 de agosto de 2009 | 06h31

As exportações de minério do Brasil para a China alcançaram 12,3 milhões de toneladas em julho, com um crescimento de 42% sobre julho de 2008, segundo dados divulgados pela Administração Geral da Alfândega nesta segunda-feira, 24. No acumulado de janeiro a julho, o Brasil exportou 73,1 milhões de toneladas, 23% a mais do que nos sete primeiros meses do ano passado.

 

A Austrália liderou, por uma ampla margem, a lista de embarques de minério de ferro para a China em julho. A China importou 27,5 milhões de toneladas de minério de ferro australiano em julho, 52% a mais do que no mesmo mês do ano passado, contradizendo relatos recentes da mídia segundo os quais as importações de minério da Austrália tinham diminuído significativamente depois que empregados da Rio Tinto foram acusados de suborno e espionagem nas negociações do preço de contrato anual para o minério.

A China importou um recorde de 58,1 milhões de toneladas de minério de ferro em julho, e 355,3 milhões de toneladas no acumulado dos sete primeiros meses do ano. Nesse período, os embarques da Austrália somaram 149,1 milhões de toneladas, 45% acima do registrado no mesmo intervalo do ano passado, o que significa que a Austrália respondeu por 42% das importações chinesas de minério no período. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
minérioChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.