finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Brasil é o 'mais preparado' para enfrentar a crise, diz Lula

'De todos os países do mundo, o Brasil é, neste momento, o país mais seguro', disse presidente

Eugênia Lopes, de O Estado de S. Paulo,

24 de novembro de 2008 | 20h10

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira, 24, que o Brasil está preparado para enfrentar a crise internacional. "De todos os países do mundo, o Brasil é, neste momento, o país mais seguro e mais preparado para enfrentar a crise", disse Lula durante a abertura da 1ª Conferência Nacional da Aprendizagem Profissional. Veja também:Reino Unido lança novo pacote anticrise de US$ 30 bilhõesEUA vão injetar US$ 20 bilhões para salvar o CitigroupDe olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise  Ao final do evento, o presidente pediu um minuto de silêncio pelos mortos nas enchentes em Santa Catarina. Ele observou que o país acompanha "com tristeza" as notícias das mais de 50 pessoas que já morreram no Estado - segundo ele, foram 10 pessoas em Blumenau e a região de Itajaí está coberta de água. Lula informou que já mandou o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, para a região e que, amanhã, irão os ministros dos Transportes, Alfredo Nascimento, e o chefe do Gabinete da Segurança Institucional, Jorge Félix. Em seu discurso na abertura do evento, Lula observou que o jovem brasileiro é muito criativo. "É o povo mais criativo e mais esperto que a média", afirmou Lula, ao informar que a meta é, até 2010, inserir no mercado como aprendizes 800 mil jovens. "E quando menos se esperar, vai diminuir a criminalidade, a violência e o número de jovens mortos. Vai diminuir porque eles vão poder estudar, trabalhar", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
crise internacionalLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.