Brasil é o quinto país que mais usa redes sociais

No País, sites de relacionamento tiveram 35,2 milhões de visitantes em julho, alta de 47% em relação ao ano anterior; no mundo, foram 945 milhões

Sílvio Guedes Crespo, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2010 | 00h00

O Brasil é o quinto maior mercado do mundo para redes sociais online, segundo uma pesquisa da empresa ComScore, que mede audiência na internet.

No País, sites de relacionamento social tiveram 35,2 milhões de visitantes únicos em julho, uma alta de 47% em comparação a um ano antes. Pelo conceito de visitantes únicos, várias visitas da mesma pessoa no mês são contadas como uma única.

Os Estados Unidos lideram o ranking com 174 milhões de visitantes únicos e um crescimento de 33%. O Brasil está à frente de países desenvolvidos, mas não tão populosos, como o Reino Unido, e também de algumas nações emergentes com imensa população, como a Índia.

No mundo, as redes sociais online tiveram 945 milhões de visitantes únicos em julho, o que representa um crescimento de 23% ao longo de um ano.

Os números correspondem a acessos feitos de residências e do trabalho. Exclui visitas de lugares públicos, como cafés e lan houses, e também acessos via celular.

Índia. Apesar de dar alguns dados globais, a pesquisa divulgada ontem pela ComScore é sobre a Índia. A principal constatação é de que o país asiático, que até junho era um dos últimos redutos de domínio do Orkut, agora tem o Facebook como sua rede social online mais popular.

O Facebook atingiu 20,8 milhões de visitantes únicos no país asiático, um dos que apresentam maior crescimento do mercado de redes sociais.

O Orkut não ficou muito atrás: teve 19,8 milhões de visitantes únicos na Índia. Mas está crescendo em ritmo bem mais lento. Em julho do ano passado, tinha 17 milhões.

Já o Facebook saltou de 7,4 milhões há um ano para 20,8 milhões em julho, um aumento de 179%.

No Brasil, o Orkut continua a ser o serviço mais popular de redes sociais, com 28,9 milhões de visitantes únicos em julho, o que representa crescimento de 27% em 12 meses. No mesmo período, o Facebook registrou um crescimento de 524%, chegando a 8,2 milhões de visitantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.