Brasil e Paraguai acertam ações conjuntas contra aftosa

O ministro da Agricultura do Brasil, Reinhold Stephanes, e do Paraguai, Alfredo Molinas, trataram hoje, em reunião na Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu (PR), de ações conjuntas realizadas pelos dois países no combate à febre aftosa. Stephanes acredita que até novembro - quando o novo calendário de vacinação for definido para os Estados brasileiros que fazem fronteira com o Paraguai - haverá ajuste para que o rebanho dos dois países sejam imunizados no mesmo período. As informações são da assessoria de Stephanes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.