Brasil e Rússia discutem gás natural

O Brasil participará na Rússia, em fevereiro de 2005, de um workshop sobre regulação, operação e desenvolvimento do mercado de gás natural. A decisão foi tomada ontem pela ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff e o presidente da empresa russa de gás natural Gazprom, Aleksei Borissovitch Miller, que integra a comitiva do presidente Vladmir Putin, em visita oficial ao Brasil. Segundo nota divulgada ontem pelo Ministério, o encontro de Dilma e Miller dá continuidade à agenda de cooperação entre os dois países nas áreas de petróleo e energia, iniciada com a visita da ministra Dilma à Rússia, no primeiro semestre deste ano. Do workshop, que também tratará do suprimento de gás natural liquefeito (GNL), participarão a Gazprom, o Ministério de Minas e Energia e representantes da Agência Nacional de Petróleo (ANP), de distribuidoras, transportadoras e operadoras do setor. Segundo nota do Ministério, durante o encontro, o presidente da GazProm fez uma exposição sobre a experiência da empresa na área de operação, produção, transporte, distribuição e armazenamento de gás natural. A Rússia detém a maior reserva mundial de gás natural, sendo a Gazprom a maior empresa de gás natural do mundo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.