Brasil é visto como imperialista por vizinhos, diz jornal

O jornal americano The Miami Herald trouxe nesta sexta-feira uma reportagem que afirma que as ambições do Brasil de ter um papel maior no cenário político internacional estão começando a deixar os países vizinhos desconfortáveis. O repórter sugere que o País já é visto como o poder ?imperialista da região? e cita a disputa do presidente da Bolívia, Evo Morales, com a Petrobras. "Cada vez mais, a influência da Petrobras e de outras empresas brasileiras está reacendendo antigas tensões entre o Brasil, o maior e mais populoso país da América Latina, e seus vizinhos", diz.Peter DeShazo, diretor para o programa das Américas no Centro de Estudos Internacionais e Estratégicos de Washington, é citado na reportagem dizendo que "o Brasil é um poder regional e está crescendo. Para um governo tão nacionalista e populista quanto o de Morales, o Brasil representa uma grande ameaça."Para o repórter, os líderes políticos e homens de negócios brasileiros têm dado passos cuidadosos para não piorar a situação. Ele menciona especificamente a preocupação do presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, em negociar uma saída para a crise com a Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.