Brasil emite U$ 1,5 bilhão em títulos de 7 anos

O Brasil lançou US$ 1,5 bilhão em títulos com vencimento em sete anos e juros de 9,45%. O preço dos papéis será definido mais tarde, informou a agência Dow Jones.A demanda superou US$ 5 bilhões, provocando ampliação da colocação em US$ 500 milhões, dos US$ 1 bilhão previstos anteriormente. O Credit Suisse First Boston e a Merrill Lynch coordenam a operação.Essa emissão de títulos já era esperada há alguns dias. Especulava-se que o governo brasileiro aproveitaria a melhora na percepção dos investidores estrangeiros em relação aos ativos brasileiros para captar recursos no exterior com uma taxa de juros mais baixa. Ontem o C-bond ? principal título da dívida brasileira negociado no exterior ? bateu novo recorde, cotado a 94,687 centavos de dólar, alta de 0,80%, e o risco Brasil ? taxa que mede a confiança dos investidores estrangeiros na capacidade de pagamento da dívida do país ? recuou 25 pontos, para 582 pontos base. Isso significa que, pelo risco de comprar títulos da dívida brasileira, os investidores pediam ontem um prêmio de 5,82 pontos porcentuais acima dos juros pagos nos títulos norte-americanos, considerados sem risco. Para se ter uma idéia, no final de setembro do ano passado, a taxa de risco estava em 2.400 pontos. Ou seja, o prêmio para a negociaçào de títulos estava em 24 pontos porcentuais acima dos papéis norte-americanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.