Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Brasil envia à UE nova lista com menos de 200 fazendas

O Ministério da Agricultura enviou hoje às autoridades européias uma lista com menos de 200 fazendas que, segundo o governo, cumprem todos as regras da rastreabilidade definidas pelo bloco. Em nota, o ministério informou que, após avaliar a documentação das propriedades auditadas em janeiro para venda de animais para frigoríficos que exportam carne bovina in natura para o bloco, a lista foi reduzida a menos de 200 fazendas.O relatório com informações dessas propriedades foi remetido ontem ao bloco comercial, que o utilizará como base na inspeção, in loco, que vai ser realizada a partir da próxima semana nos Estados brasileiros. Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Santa Catarina, Goiás e Mato Grosso fazem parte da área habilitada para venda de carne para a União Européia (UE)."Com essa iniciativa, o ministério dá mais um passo no sentido de manter os entendimentos com a União Européia para atender as regras de rastreabilidade previstas em acordo firmado entre o Brasil e os países daquele mercado. Novas propriedades serão incluídas, após auditorias que continuam sendo realizadas, nas quais essas propriedades deverão ser julgadas conformes", informou o ministério.Na nota, o governo ressalta ainda a importância do mercado europeu em termos comerciais. "Essa parceria se mantém há mais de 60 anos, e o fechamento total do comércio pode ter reflexos negativos em outros mercados", avaliaram os técnicos da pasta.

FABÍOLA SALVADOR, Agencia Estado

22 de fevereiro de 2008 | 20h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.