Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Brasil escolhe o co-presidente da Alca

O governo decidiu nesta sexta-feira que o co-presidente brasileiro da Área de Livre Comércio das Américas (Alca) será o embaixador Adhemar Bahadian, diplomata que atualmente exerce a função de cônsul-geral do Brasil em Buenos Aires. Segundo o porta-voz do Itamaraty, Ricardo Neiva Tavares, Bahadian foi escolhido pelo ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, por ter experiência em negociações comerciais.Como co-presidente da Alca, Bahadian atuará ao lado do embaixador norte-americano Peter Allgeier, que vem acompanhando a discussão da Alca desde o início. Nesta atribuição, Bahadian substituirá o embaixador Clodoaldo Hugueney, subsecretário-geral de Assuntos de Integração, Econômicos e Comércio Exterior do Itamatary.A missão dos dois co-presidentes é a de tentar apressar as negociações. Nem Bahadian nem Allgeier poderão interferir no conteúdo da negociação. Essa tarefa caberá aos principais negociadores de cada país ? no caso do Brasil, ao embaixador Carlos Alberto Simas Magalhães, chefe do Departamento de Negociações Internacionais do Itamaraty.Em princípio, os 34 parceiros da Alca deverão encaminhar em meados de junho os pedidos recíprocos de melhora nas ofertas sobre acesso a mercados de bens, de serviços, de compras governamentais e de investimentos a Puebla (México), onde as reuniões e negociações transcorrem atualmente.De acordo com o cronograma original, em 15 julho deste ano começariam as negociações para valer ? que deverão ser concluídas até o início de 2005. Os prazos, entretanto, vem sendo desrespeitados.Na carreira diplomática, Bahadian atuou em organismos como a ONU, no Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT), na Organização Mundial do Comércio (OMC) e na Organização Internacional de Propriedade Intelectual (OIPI). Serviu ainda na missão do Brasil em Genebra.Hugueney continuará à frente da subsecretaria, mas estará concentrado nas negociações e nos temas da agenda da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Agencia Estado,

16 de maio de 2003 | 16h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.