Brasil está mal posicionado em ranking de ética para negócios na AL

O Brasil fica atrás de outros grandes vizinhos latino-americano, como a Argentina e México, quando se trata de ética e confiabilidade para negócios, segundo um estudo feito pela consultoria espanhola Management & Excellence (M&E). Entre os oito países analisados, o Brasil ficou na quinta colocação, com 47 pontos, ao lado da Venezuela. O Chile, com 74 pontos, é considerado o país mais ético e sustentável para os negócios da região, seguido do México (60), Argentina (59) e Peru (51). Na lanterninha, estão o Equador (37) e a Colômbia (31). Indicadores Para elaborar o estudo, a M&E utilizou 60 indicadores de áreas como governança corporativa, performance fiscal e econômica, segurança, desempenho educacional e social e combate à corrupção. "O Brasil é forte em governança corporativa, área na qual o governo Lula tem promovido reformas, mas ele se alinha à Colômbia no último lugar nos quesitos de crime e desemprego", disse a M&E. "O país também perde pontos pela corrupção e baixo nível educacional." A consultoria observou que a Argentina ainda está tentando superar a crise financeira de 2001, mas é líder em áreas como a de educação.

Agencia Estado,

08 Setembro 2005 | 14h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.