Felipe Dana/AP
Felipe Dana/AP

Brasil estuda adiar licitação de petróleo, diz O Globo

A décima terceira licitação deve oferecer áreas regiões em terra e no mar, mas não incluiria recursos do pré-sal

REUTERS

18 de janeiro de 2015 | 14h45

O governo do Brasil está considerando adiar sua próxima licitação de petróleo para a segunda metade de 2015 devido às investigações de corrupção na Petrobras e a recente queda dos preços de petróleo, publicou um jornal neste domingo.

A décima terceira rodada de licitações de petróleo, a primeira de petróleo e gás natural desde 2013, está atualmente agendada para entre o final de abril e meados de maio, de acordo com a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

As empresas de petróleo veem um atraso como "certo", de acordo com reportagem de O Globo, citando fontes não nomeadas do governo e da indústria. Uma autoridade do governo disse ao jornal que havia preocupações sobre problemas financeiros nas companhias de construção citadas nas investigações sobre corrupção na Petrobras.

A décima terceira licitação deve oferecer áreas regiões em terra e no mar, mas não incluiria recursos do pré-sal.

Dezenas de executivos de grandes empresas de construção e engenharia do Brasil estão presos desde o final do ano passado por suposto desvio de bilhões de dólares de contratos com a Petrobras.

Porta-vozes na ANP e Petrobras não estavam imediatamente disponíveis para comentar a reportagem de O Globo.

(Por Silvio Cascione)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSLICITACAOADIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.