Soraya Ursine
Soraya Ursine

Brasil fatura dez Leões na estreia do Festival de Cannes

Início da 58ª edição do evento é animador, e hoje o País deve receber mais 15 Leões em [br]Outdoor e 3 em Rádio

Marili Ribeiro, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2011 | 00h00

ENVIADA ESPECIAL / CANNES

O placar de estreia do Brasil na maior competição da publicidade mundial é animador. Nas três categorias que tiveram seus resultados oficiais divulgados, as empresas do segmento garantiram dez Leões. É um bom começo nessa 58.ª edição do Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade. No ano passado, o Brasil saiu da cidade na Riviera Francesa com 58 Leões.

Além dos dez já na bagagem, há boas promessas a caminho. O Brasil deve ganhar 15 Leões em Outdoor e mais três em Rádio, que serão anunciados hoje em Cannes. Só com mais essas duas categorias já são 28 prêmios.

Nas listas prévias, nas quais os jurados de cada um das categorias fazem a primeira seleção, o Brasil emplacou várias peças. São 35 chances em campanhas de anúncios impressos e mais 15 em planejamento de mídia. Fora isso, ainda faltam seis júris anunciarem resultados.

As premiações já oficializadas foram as de ações promocionais, ou Promo & Activation Lions. Nela o Brasil ganhou dois Leões, ambos para a Ogilvy. São vídeos conhecidos nas redes sociais. Um é o "Manobrista Bêbado", criado para os Bar Aurora & Boteco Ferraz. Ao entregar o carro, os consumidores se assustam com o estado alcoólico do manobrista. Nesse momento são alertados a beberem com moderação.

Segundo o jurado brasileiro na categoria, Fernando Figueiredo, sócio e presidente da Bullet, o trabalho arrancou risadas dos jurados. "Para mim, o que ficou muito claro na participação do júri é que não existe mais ação promocional que não tenha passagem por Twitter ou Facebook."

A outra peça vitoriosa da Ogilvy é o "Controle dos Pais", realizada para o canal de TV BandSports. Nela um mecanismo controla as imagens que as crianças vão acessar sobre times de futebol. Assim os pais podem vetar gols do adversário.

Ouro. Em Cannes Lions há inúmeras subdivisões e premiações, com graus de relevância. No caso dos Leões, há os de Ouro, Prata e Bronze. Mas, acima deles existe o Grand Prix para cada categoria. O Brasil ainda não chegou ao nível de Grand Prix, embora já tenha ganho alguns nas competições passadas.

Nos prêmios de ontem, houve dois Leões de ouro. Um deles foi para a categoria Direct Lions, ou ações de marketing direto, ganho pela DM9DDB. Aliás, esse mesmo trabalho que ganhou ouro também levou um Leão de prata. É que Cannes Lions subdivide a categoria em vários segmentos. Complicado para quem não é do meio, mas uma maneira de contemplar mais trabalhos.

O trabalho premiado é a "Volta Ferrorama", realizado para a empresa de brinquedos Estrela pela Ponto de Criação. Um dos prêmios se deu na subcategoria "e-commerce, marketing online, retenção de marca em mídia social". O outro na de "lançamento de produto".

Os outros Leões em Direct ficaram com a Ogilvy, aqui novamente com um para o já vitorioso "Manobrista Bêbado", e outro para a ação "Cartas perdidas para o Papai Noel", realizado pela Coca-Cola. O último Leão em Direct ficou com a AgeIsobar, pelo trabalho "Nós entregamos seu download", para locadora de vídeo Cine 24 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.