Brasil fecha 2009 com 173,9 milhões de celulares

Foram vendidos 23,3 milhões de aparelhos, o segundo melhor desempenho da história da telefonia no País

Gerusa Marques, da Agência Estado

19 Janeiro 2010 | 16h12

O Brasil fechou o ano de 2009 com 173,9 milhões de telefones celulares em operação, o que representou um crescimento de 15,47% em relação a dezembro de 2008, quando existiam no País 150,6 milhões de telefones móveis em funcionamento. Os dados constam de balanço do ano passado divulgado há pouco pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

 

Ao longo do ano de 2009, foram vendidos 23,3 milhões de celulares, o segundo melhor desempenho da história da telefonia móvel no Brasil, perdendo apenas para 2008, quando foram habilitados 29,6 milhões de aparelhos. Segundo a Anatel, as vendas de dezembro foram as melhores do ano, com 4,2 milhões de celulares comercializados.

 

De acordo com os dados de 2009, em cada grupo de 10 pessoas, 9 têm celular no Brasil. Em cinco Estados já existem mais de um celular por habitante, como é o caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. Do total de celulares em operação, 82,55% são pré-pagos e 17,45% estão na modalidade pós-paga.

 

A Vivo continua na liderança do mercado, 29,75% de participação. A Claro aparece em segundo lugar, com 25,52%, seguida pela TIM, com 23,63% e da Oi, com 20,73%. A tecnologia dominante é a GSM, com 90% do total de celulares.

Mais conteúdo sobre:
Celulares Anatel operadoras telefonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.