Brasil fecha junho com superávit comercial de US$ 3,816 bi

No acumulado do semestre, saldo da balança é positivo em US$ 20,662 bilhões

Agencia Estado

02 de julho de 2007 | 19h12

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 3,816 bilhões em junho, o terceiro melhor resultado do ano, perdendo para abril, quando o superávit foi de US$ 4,192 bilhões e maio, quando o mês fechou com um saldo positivo de US$ 3,868 bilhões. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 2, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No acumulado do primeiro semestre do ano, o saldo comercial da balança ficou positivo em US$ 20,662 bilhões, um aumento frente ao saldo acumulado no mesmo período do ano passado, de US$ 19,545 bilhões. As exportações brasileiras em junho somaram US$13,119 bilhões, o equivalente a média por dia útil de US$ 656 milhões. No mesmo período, as importações totalizaram US$ 9,303 bilhões, uma média de US$ 465,2 milhões por dia útil. Em junho do ano passado, o saldo comercial foi positivo em US$ 4,097 bilhões. Nessa base de comparação, a média das exportações cresceu 20,2%, enquanto que a média das importações aumentou 32,6%. Analistas consultados pelo Banco Central estimam que o País vai encerrar o ano com um superávit comercial de US$ 42,2 bilhões.(com Rosana de Cassia, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
balança comercial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.