Brasil não pode regredir em legislação de transgênicos, diz ministro da Agricultura

Brasil não pode regredir em legislação de transgênicos, diz ministro da Agricultura

Neri Geller aludiu ao passado de Marina Silva ao se referir a 'adversários do setor' em alerta a empresários

REUTERS

25 de setembro de 2014 | 11h12

O ministro da Agricultura, Neri Geller, afirmou nesta quinta-feira que o Brasil não pode regredir na legislação nacional sobre organismos transgênicos, a qual ele classificou como avançada.

"Não podemos voltar para trás, sabemos quem são os nossos adversários", afirmou ele a uma plateia de empresários e dirigentes de associações do setor do agronegócio, na sede da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), em São Paulo.

O ministro, produtor agrícola em Mato Grosso e ex-dirigente de associação de produtores de soja, não fez referência em sua fala sobre quem seriam os adversários do setor.

No passado, a ex-ministra do Meio Ambiente e hoje candidata à Presidência, Marina Silva, tinha resistência ao uso de sementes transgênicas.

Recentemente, em reunião com representantes do setor, Marina esclareceu não ser contra a produtos agrícolas geneticamente modificados.

(Por Roberto Samora)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSTRANSGENICOSMINISTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.