Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Brasil ocupa 39º lugar em ranking do PIB com 44 países

Levantamento da Austing Rating mostra que o País está à frente apenas da Rússia em relação aos integrantes do Brics

Daniela Amorim, Renata Batista e Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

30 Novembro 2018 | 17h19

RIO - O Brasil ficou na 39.ª posição em um ranking de 44 países por taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), elaborado pela Austin Rating. Com alta de 1,3% no PIB do terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, o País ficou à frente apenas da Rússia no grupo de países que compõem o grupo de países emergentes conhecido como BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), que registrou alta média de 4,1% no período.

Índia e China lideram o ranking com alta de 7,4% e 6,5% no terceiro trimestre de 2018 contra o mesmo período de 2017. Brasil e Rússia países tiveram o mesmo desempenho no trimestre, mas o Brasil ficou na frente porque o país asiático não divulgou o resultado do segundo trimestre, que é usado pela consultoria como critério de desempate.

Pelas projeções da Austin Rating, o Brasil terá o pior crescimento entre os BRICS em 2018, 1,6%. Em 2019, o País pode voltar a crescer mais do que a Rússia, 2,5% ante 1,7%. A Índia pode sustentar a alta taxa de crescimento, com projeção de alta de 7,2% e 7,4%, em 2018 e 2019 respectivamente.

A média de crescimento nos 44 países pesquisados no período entre julho e setembro de 2018 foi de 2,8%. Na Zona do Euro, a média ficou em 1,7% e os Estados Unidos registraram crescimento de 3%.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.