Brasil pode atender demanda por frango da Rússia após embargo aos EUA, diz ABPA

A indústria de carne de frango do Brasil tem condições de atender "tranquilamente" uma demanda adicional da Rússia, decorrente de um embargo ao produto norte-americano, disse nesta quarta-feira o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra.

REUTERS

06 de agosto de 2014 | 16h29

Ele afirmou durante um evento do setor que o Brasil teria condições de exportar adicionalmente 150 mil toneladas de carne de frango ao ano para a Rússia, cobrindo cota destinada aos EUA.

O serviço de vigilância veterinária e fitossanitária da Rússia vai embargar importações de carne de frango dos Estados Unidos, como parte da ordem dada nesta quarta-feira pelo presidente Vladimir Putin de que órgãos do governo preparem uma lista de itens banidos, disse o porta-voz do órgão Alexei Alekseenko.

(Por Fabíola Gomes)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSCARNEFRANGOBRASILRUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.