Brasil pode crescer 3% no último trimestre, afirma Dulci

O secretário-geral do governo, Luiz Dulci, disse hoje que o Brasil poderá crescer 3% neste quarto trimestre do ano, iniciando a recuperação da economia. Dulci lembrou que a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) prevê crescimento econômico de 3,5% em 2004, 4% em 2005 e 4,5% em 2006. Em palestra para os associados da Câmara de Comércio Americana, Dulci defendeu a estabilidade como condição para o crescimento sustentado. Mas destacou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito para trazer crescimento econômico ao País.Dulci disse também que o investimento público e privado nacional não é suficiente para a retomada do crescimento sustentado. De acordo com Dulci, o investimento estrangeiro também é necessário para que o País cresça. O ministro destacou a necessidade de investimentos privados nacionais e estrangeiros nos setores de infra-estrutura. Ele afirmou também que o governo quer definir marcos regulatórios claros e estáveis para atrair esses investimentos. Dulci fez palestra para os associados da Câmara de Comércio Americana, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.