Brasil pode ter exportação recorde de produtos agrícolas

Se não houver uma guerra no Iraque neste ano, o Brasil poderá registrar uma exportação recorde de produtos agrícolas em 2003. Segundo o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, que está no Japão para negociações comerciais, o governo acredita que as vendas externas de bens agrícolas poderão chegar a US$ 28 bilhões neste ano. Em 2002, as exportações desses itens foram de US$ 24 bilhões.Para este ano, o aumento previsto pelo governo estaria baseado nas boas perspectivas para os principais itens de exportação da balança agrícola nacional. O café, depois de perder mercados na segunda metade dos anos 90, deverá ter um ano de recuperação. Especialistas acreditam que o País possa substituir os cafés do Vietnã e da Colômbia no mercado norte-americano, o principal do mundo para o produto.O motivo para a ampliação do mercado do café é o preço do produto brasileiro. Diante da desvalorização do real, os produtores de café do Brasil vêm ganhando contratos com importadores que estavam comprando de outros países.Outro produto que promete um bom desempenho é a soja, que deverá ter uma safra invejável em 2003 e continuará ganhando mercado internacional. Já o açúcar e o suco de laranja, outros produtos fundamentais na balança comercial brasileira, serão beneficiados por um aumento nos preços internacionais, o que possibilitará um maior lucro dos produtores nacionais.Mas segundo o ministro da Agricultura, todo esse cenário positivo ocorrerá apenas se a economia mundial não for afetada por uma guerra, que poderia levar os preços das commodities a uma baixa sem precedentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.