Brasil prepara missão empresarial à China, diz Furlan

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, disse nesta segunda-feira, 12, durante a posse do novo Conselho Administrativo da Câmara Americana do Comércio para o Brasil (Amcham) que o governo brasileiro está preparando uma missão empresarial à China. Perguntado se participaria da viagem, disse que não sabia e desconversou. Segundo ele, o governo brasileiro pretende atingir o mercado asiático com produtos com maior tecnologia e valor agregado.Furlan ressaltou ainda que a redução da participação das exportações brasileiras no mercado norte-americano, apesar delas terem aumento, é reflexo da busca por novos mercados para as vendas externas. "O que nós fizemos nos primeiro quatro anos foi mostrar aos empresários brasileiros que haviam grandes oportunidades em regiões do mundo onde o Brasil não tinha tradição. Então, é natural que quando você vai a um mercado em que nossa venda é insignificante, o primeiro espaço de crescimento é muito grande e veloz."O ministro destacou ainda que o resultado da balança comercial, divulgado nesta segunda, ficou dentro das previsões do governo. Segundo ele, as turbulências registradas no mercado internacional nos últimos dias não devem alterar a meta de superávit do governo. "Não esperamos nenhum tipo de surpresa no curto prazo, há setores que estão crescendo com boa dinâmica. Os números estão saindo dentro do esperado realmente, de crescimento das exportações e crescimento maior das importações", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.