Brasil quer investir US$40 mi em turismo para atrair US$8 bi

O Brasil pretende gastar US$ 40 milhões nos próximos anos para promover as belezas brasileiras no exterior com o objetivo de atingir a meta de nove milhões de turistas/ano até 2007. No ano passado, esse número ficou em 3,8 milhões. O ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, que participou do Fórum Estadual de Turismo da Bahia hoje, disse que nove milhões de visitantes trariam cerca de US$ 8 bilhões ao Brasil. Além disso, segundo ele, cada bilhão de dólares faturado no setor turístico significam no País 55 mil empregos diretos e 120 mil indiretos. O governo federal planeja, junto com os estaduais, fortalecer os produtos atuais consagrados (praias, natureza) e criar pelo menos três novos em cada estado com vocação para o setor. Mas, segundo Guia, a prioridade para o uso destes recursos será a promoção internacional. "O Brasil se promove mal e pouco, o que gasta nesse setor é menor, por exemplo, que Cuba, Argentina e Aruba", ponderou. Guia disse que é preciso garantir acesso bom, limpeza e segurança aos pontos turísticos. Além disso pregou uma "revolução" no processo de treinamento de mão de obra para o setor. "A coisa mais importante do turismo é o contato do visitante com as pessoas e, como esses contatos são muito rápidos, os trabalhadores têm que apresentar uma resposta precisa, simpática, educada", notou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.