Brasil quer negociar livre comércio com o México este ano

Uma missão brasileira que visitará o México dias 29 e 30 de agosto defenderá o início, ainda neste ano, das negociações para um acordo de livre comércio com aquele país, informou nesta terça-feira o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Sergio Amaral. "Nós vamos chegar e dizer: os dois presidentes manifestaram interesse em realizar um acordo de livre comércio. Nós estamos aqui prontos para começar estas negociações", disse Amaral, após se reunir com 55 empresários de vários setores da economia para organizar a missão.Alguns setores, como os de têxteis e de eletroeletrônicos, não ficaram satisfeitos com o acordo de preferências tarifárias assinado com o México no início deste mês e querem ampliar a lista de produtos. "Muitos setores ficaram frustrados porque não foram atendidos na negociação e querem partir para um acordo de livre comércio", disse o ministro. A Argentina integrará a missão a convite do governo brasileiro.Segundo o ministro, a viagem também servirá para estimular parcerias empresariais com o apoio do BNDES e a instituição congênere mexicana Nacional Finaceira. "Também daremos ênfase à promoção do álcool brasileiro, e faremos uma pequena mostra informativa de produtos brasileiros pela Apex (Agência de Promoção Comercial)", informou o ministro. "O mais extraordinário foi a mudança de mentalidade dos empresários brasileiros, que estão procurando o ministério para abrir mercados e ampliar o comércio e não para se proteger".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.