Brasil receberá empréstimo de US$ 404 milhões do Bird

O Banco Mundial (Bird) deverá aprovar nesta quinta-feira um empréstimo de US$ 404 milhões ao Brasil, disse hoje o secretário de Assuntos Internacionais do Ministério da Fazenda, Otaviano Canuto Filho. Os recursos ingressarão nas reservas internacionais e fazem parte do programa de apoio à reforma fiscal mantido pelo banco. Esse será o segundo empréstimo do Bird para o Brasil este ano. Em março, foram liberados US$ 505 milhões do programa de apoio a programas sociais.Para candidatar-se ao empréstimo, o ministro da Fazenda, Antônio Palocci, enviou carta ao presidente do Bird, James Wolfensohn, explicando as medidas adotadas para melhorar a gestão fiscal no País e mostrando os programas em fase de andamento. Segundo Canuto, a principal medida nessa direção é a adoção da meta fiscal de 4,25% do PIB para 2003, 2004 e 2005. Obtidos esses resultados, a relação entre a dívida do setor público e o PIB, que hoje está em 52,18% do PIB, cairá para 50%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.