Brasil se prepara para deixar acordos com FMI, diz Meirelles

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou hoje, ao participar de seminário promovido pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), que o Brasil está se preparando, por meio da melhoria dos fundamentos econômicos, para deixar os acordos com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Questionado se a não renovação com o Fundo poderia ocorrer já para o próximo ano, Meirelles respondeu que "sim, é possível andar com as próprias pernas, é possível não renovar o acordo com o FMI, mas o País ainda não tomou a decisão final em relação a este ponto".Meirelles lembrou, nesse sentido, que vários dos fundamentos do País melhoraram substancialmente nesses últimos anos, inclusive os relacionados à vulnerabilidade externa, como a dívida externa sobre as exportações e o pagamento de juros sobre as exportações. Ele disse também que as reservas internacionais brasileiras encontram-se hoje num patamar que classificou como "confortável".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.