Tiago Queiroz/Estadão - 22/8/2014
Tiago Queiroz/Estadão - 22/8/2014

Brasil soma mais de 66 milhões de inadimplentes em maio e tem maior média da série histórica

Bancos, cartões e contas básicas como água, luz e gás, estão entre os segmentos que mais endividam os brasileiros

Elisa Calmon, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2022 | 16h03

Em maio, o Brasil atingiu a marca de 66,6 milhões de inadimplentes, segundo indicador da Serasa Experian. O número é o maior desde o começo da série histórica iniciada em 2016. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o levantamento registra um aumento de 4 milhões de CPFs negativados.

A análise por setor apontou que o maior volume de dívidas está no segmento de bancos e cartões, com 28,2% do total. Em seguida aparecem contas básicas, como água, luz e gás agrupadas na área de utilities, com 22,7%. Em terceiro lugar ficam varejo e financeiras, com 12,5% cada um.

Entre os Estados brasileiros, São Paulo concentra o maior número de inadimplentes (15,6 milhões), seguido pelo Rio de Janeiro (6,7 milhões), Minas Gerais (6,3 milhões), Bahia (4,1 milhões) e Paraná (3,5 milhões). 

Diante desse cenário, a Serasa Experian informou que oferece atualmente 2,2 milhões de negociações de ofertas com condições especiais de quitação de dívidas por até R$ 100,00 por meio da Serasa Limpa Nome

Os acordos podem ser realizados com mais de 100 empresas, como bancos, financeiras, companhias telefônicas, lojas de varejo, universidades e securitizadoras.

Tudo o que sabemos sobre:
Serasa Experianinadimplência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.