Brasil surpreende mercados financeiros com Selic, diz jornal

O jornal Financial Times afirma hoje que o Banco Central do Brasil surpreendeu os mercados financeiros ao elevar a Selic em meio ponto percentual, levando-a a 16,75%. "A decisão marcou o segundo mês consecutivo de aumento nos juros e ocorre apesar dos indicadores inflacionários mais benignos das últimas semanas", disse o diário britânico. "Números preliminares sugerem que os preços ao consumidor permaneceram virtualmente inalterados em outubro." No entanto, segundo o FT, analistas vêm alertando que o forte crescimento econômico doméstico, além dos preços do petróleo mais elevados, poderiam renovar as pressões inflacionárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.