Brasil Telecom antecipa metas

A Brasil Telecom (BrT) - holding que controla 10 operadoras de telefonia fixa do Acre ao Rio Grande do Sul - deve instalar este mês 395 mil linhas de telefone. Este desempenho representa um crescimento de 10,12% em comparação à proposta de quantidade de telefones que as operadoras devem ter 31 de dezembro de 2001. O presidente da BrT, Henrique Neves, afirmou ontem que o conglomerado pretende também antecipar as metas previstas para 2003. Para atingir este objetivo, a BrT investirá R$ 4 bilhões no próximo ano.A antecipação das propostas de universalização dos serviços permitirá que, a partir de 1º de janeiro de 2002, a holding possa entrar em serviços que atualmente são restritos aos concorrentes neste mercado. A BrT poderá prestar os serviços de telefonia, por exemplo, em São Paulo. Hoje, a operação está restrita às companhias regionais Telefônica e Vésper, ou às concorrentes nacionais Embratel e Intelig.Neves comemorou o fato de que as operadoras controladas pela BrT conseguiram superar as metas de interurbanos completados. De acordo com o balanço divulgado, apenas as ligações dadas pelos assinantes à noite ficaram dois pontos porcentuais abaixo da meta da Anatel. No entanto, as companhias telefônicas ainda deixaram a desejar no atendimento ao cliente por meio de cartas ou quando o assinante liga para a operadora pedindo informações sobre números de telefone de outros usuários.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.