Brasil Telecom emitirá conta conjunta com Intelig

A partir do dia 20 deste mês, os usuários da Brasil Telecom poderão receber a conta conjunta com as ligações de longa distância nacionais e internacionais feitas pelo código da Intelig. A informação foi dada hoje pelo presidente da Intelig, Fernando Terni.Segundo o executivo, a emissão de conta conjunta já está sendo feita para os clientes da Telemar. A maior dificuldade está sendo na negociação com a Telefônica, que, ainda não aceitou a emissão em conjunto das contas aos seus usuários no Estado de São Paulo. A Intelig acredita que a emissão em conjunto poderá resolver o problema de erro em conta, que aparece como um dos principais obstáculos para o cumprimento das metas de qualidade estabelecidas pela Anatel. Ele atribuiu os erros, principalmente, à baixa qualidade dos bancos de dados de clientes fornecidos pelas operadoras locais. Terni disse que o porcentual de erro no cadastro de clientes fornecido pelas operadoras locais chegou a 20% e atualmente está em 10%. A emissão em conjunto das contas telefônicas também será tratada na reunião de sexta-feira entre representantes da Telemar, Brasil Telecom, Telefônica, Embratel e da própria Intelig. Banda C - Terni descartou a participação da empresa na licitação das licenças do Serviço Móvel Pessoal (SMP), mesmo que a Anatel reveja as regras e os preços das licenças na nova licitação da Banda C. Segundo Terni, a Intelig pretende oferecer às empresas que ganharem as licenças do SMP serviços como o aluguel da sua rede, que, segundo Terni, deverá atingir no fim deste ano 15 mil km de extensão. Atualmente o back bone da empresa é de 8,5 mil km. A Intelig não está participando da licitação das licenças do SMP nas bandas D e E.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.