Brasil Telecom terá telefone ´dois em um´

A presidente da Brasil Telecom, Carla Cico, reconhece que não será fácil ser a quarta operadora a lançar serviços de celular nos nove Estados onde já oferece telefonia fixa, na região Centro-Sul do País. "É um mercado muito competitivo", afirma. Para se diferenciar, a empresa aposta na convergência. Uma das armas será um telefone "dois em um", que funciona como fixo na casa do cliente e como móvel na rua. Tudo num único aparelho, com cara de celular. Para o cliente, a vantagem seria pagar a tarifa de fixo, muito mais baixa que a do celular, quando em casa, mesmo usando o aparelho móvel. "Já estamos falando com as outras operadoras", diz Luis Octávio Motta Veiga, presidente do Conselho da Brasil Telecom. Entre os detalhes em discussão com os concorrentes está o sistema de cobrança do serviço. O modelo da Brasil Telecom é o Bluephone, que será lançado na Inglaterra numa parceria entre a fixa British Telecom e a móvel Vodaphone. Lá, o cliente será atendido pelas duas companhias com um único número e receberá uma só conta. Até o ano que vem, a Brasil Telecom planeja investir R$ 1,7 bilhão em telefonia móvel. A meta é conquistar 1 milhão de clientes até novembro, antes do Natal, a principal data para a venda de celulares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.