Brasil Telecon lançará ADRs

A operadora de telefonia Brasil Telecom irá lançar American Depositary Receipts (ADRs) nível 2 no ano que vem, contou a diretora de Relações com Investidores da empresa, Eliana Soares Rodrigues. Segundo ela, o lançamento pode ocorrer ainda no primeiro semestre. O recibo nível 2 possibilita a negociação das ações da empresa na Bolsa de Nova York. Atualmente, a companhia não possui ADRs no mercado americano. Essa opção de investimento é oferecida apenas pela holding do grupo, Brasil Telecom Participações.A executiva contou que a Brasil Telecom vem estudando essa possibilidade há algum tempo mas, explicou, o processo é lento por causa das diversas exigências que retardam a operação. Umas delas é a conversão das demonstrações financeiras para o padrão americano de contabilidade, o US Gaap, de períodos já encerrados.A diretora contou que entre os planos da Brasil Telecom está a formação de uma companhia consolidadora no setor, depois que o processo de reestruturação do mercado nacional de telefonia for deflagrado. Eliana reiterou o interesse da empresa em participar das licitações das bandas D e E, marcadas para o início de 2001. Para tanto, lembrou, as metas de 2003 devem ser conquistadas já em agosto de 2001.A diretora comentou que a troca de nomes das empresas, de Tele Centro Sul Participações e Telepar para Brasil Telecom Participações e Brasil Telecom, respectivamente, denotam a intenção de ser um forte competidor. Apesar dos planos de expansão, Eliana contou que a companhia não tem qualquer operação de captação em vista. Na opinião da diretora, a empresa está em situação de alavancagem confortável e é uma boa geradora de caixa. A Brasil Telecom encerrou os primeiros nove meses do ano com receita líquida de R$ 2,621 bilhões e lucro líquido de R$ 289,239 milhões. A dívida total da empresa representava 27,95% de seu patrimônio líquido, segundo dados da Economática.

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2000 | 19h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.