Brasil tem 7,68 milhões de usuários residenciais de Internet

O acesso à Internet a partir de residências registrou crescimento de 50,5% do número de usuários ativos desde setembro de 2000, de acordo com medição de audiência divulgada hoje pelo Ibope eRatings. No mês passado, foram 7,68 milhões de usuários residenciais no País, que navegaram em média 10 horas e 16 minutos, contra média de 8 horas e 7 minutos há dois anos. Em setembro de 2000, eram 5,1 milhões de usuários."Mesmo com todos os problemas que ocorreram ao longo deste período - queda das ações das empresas de tecnologia, racionamento de energia elétrica, atentados terroristas e turbulências econômicas que resultaram na alta do dólar - o acesso residencial cresceu de forma constante", afirma o diretor de Serviços de Análise do Ibope eRatings, Marcelo Coutinho."Além do aumento do número de internautas, vale destacar o crescimento de categorias como comércio eletrônico, que passou de 1,09 milhão de visitantes, em setembro de 2000, para 2,61 milhões no mês passado, ou a de serviços financeiros, que cresceu 192% em número de usuários nos últimos dois anos", destaca a diretora executiva da empresa, Fábia Juliasz.O ranking de propriedades da Web brasileira em setembro é liderado pelo UOL, seguido por iG, Globo.com, Yahoo!, Terra, MSN, Microsoft, AOL, Google e CJB Management.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.