Brasil tem condição de crescer mais, mesmo sem ajuda de economia internacional, diz Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta terça-feira que o Brasil tem condições de crescer mais em 2015 do que neste ano, mesmo se a economia internacional não ajudar.

REUTERS

07 de outubro de 2014 | 16h35

Em entrevista coletiva, o ministro disse que o crédito está gradualmente voltando a ser liberado pelos bancos, o que beneficiará a atividade econômica doméstica no próximo ano.

Ele manteve a estimativa do governo de que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro crescerá 0,9 por cento neste ano, projeção bem acima da expansão de 0,24 por cento estimada por economistas, segundo boletim Focus do Banco Central, e da projeção de alta de 0,3 por cento feita pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

(Reportagem de Luciana Otoni)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROMANTEGA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.