finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Brasil tem energia até 2012, diz Lula

Em um discurso inflamado e de improviso, durante solenidade no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva atacou os pessimistas, disse que "não há espaço para descrença?, considerou o Brasil "bem gerenciado? e com "energia garantida até 2012? e aproveitou para mandar um recado aos que criticam a Petrobras por seguir determinações do governo e olhar pouco para os interesses dos demais acionistas."O governo não manda na Petrobras, mas a Petrobras tem que saber que ela é subordinada ao seu acionista majoritário, que é o governo, e, portanto, algumas decisões importantes passam pelo governo, porque temos que pensar no Brasil, sobretudo?, disse Lula no discurso de abertura do 5º Encontro Nacional do Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural (Prominp). O recado foi dirigido a setores da administração da Petrobras que ainda resistem a assumir a tarefa de distribuir o gás necessário para abastecer as térmicas, movimento que, há alguns meses, resultou na demissão do diretor de gás Ildo Sauer. Citando a crise do gás, que preocupa principalmente a população do Rio de Janeiro, Lula afirmou: "Aconteceu um probleminha de gás no Rio de Janeiro: ?Ah, acabou a energia do mundo.? Não acabou. Este País já tem energia garantida até 2012. E o mês que vem tem o leilão do Rio Madeira. Em janeiro ou fevereiro vai ter outro leilão. E nós vamos descobrir os gases que precisamos descobrir ou vamos comprar o gás que precisar comprar?. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

08 de novembro de 2007 | 09h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.