Brasil tem mais gado que gente, aponta IBGE

O número de bois e vacas no País é cada vez maior que a população humana, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O rebanho bovino chegou a 195 milhões de cabeças em 2003, ultrapassando de longe a população estimada para aquele ano, de 179 milhões de pessoas. O País possui o principal rebanho comercial bovino do mundo.No início da década de 90, já havia sido constatado uma "população" de bois maior do que a humana. Depois, houve um pequeno recuo e uma nova ultrapassagem só ocorreu em 2001 quando, novamente, foram registrados mais bovinos do que pessoas no País. Naquele ano, eram 176 milhões de bovinos e 174 milhões de pessoas. A partir de então, a diferença se ampliou até alcançar os atuais 16 milhões.Segundo o chefe da coordenação de agropecuária do IBGE, Carlos Alberto Lauria, o rebanho bovino do Brasil é grande porque o País cria o gado em pasto livre, em vastos espaços, o que ajuda a evitar doenças deflagradas constantemente em países europeus, como a vaca louca. Desse modo, as exportações brasileiras de carne também vêm crescendo sucessivamente, o que estimula os produtores. Dados da Federação da Agricultura de Minas Gerais (Faemg) apontam que o Brasil já é o maior exportador de carne do mundo. Somente de janeiro a outubro deste ano, o País exportou 1,5 milhão de toneladas de carne bovina, entre in natura e industrializada. Os números da entidade mostram também que a produção de carne de boi no Brasil vem crescendo a cada ano e passou de 6,09 milhões de toneladas em 1994 para 7,7 milhões de toneladas em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.