Brasil tem reservas para grande fundo soberano, diz Coutinho

Presidente do BNDES afirma que ficará feliz se a instituição financeira puder receber recursos do fundo

Nalu Fernandes, da Agência Estado,

22 de outubro de 2007 | 14h34

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse nesta segunda-feira, 22, que as reservas brasileiras são suficientes para permitir um grande fundo soberano. Em apresentação para investidores em Washington, ele afirmou que, embora não esteja familiarizado com as discussões sobre o assunto, "ficaria feliz se o BNDES puder receber (recursos do fundo)". Em relação ao Banco do Sul, Coutinho afirmou que o BNDES não está engajado no projeto. No entanto, "se (o ministro da Fazenda, Guido) Mantega pedir ajuda, estaremos disponíveis para ajudar".

Tudo o que sabemos sobre:
Luciano CoutinhoBNDES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.