Brasil ultrapassa Espanha e França na produção de autos

Faltaram só 27.178 veículos, o equivalente a produção de dois dias para que a indústria automobilística atingisse a marca de 3 milhões de unidades em 2007. Foram produzidos 2,972 milhões de veículos, volume anual recorde em meio século de instalação das montadoras no País. Com esse resultado, o Brasil pode passar da oitava para a sexta posição no ranking mundial de fabricantes, ultrapassando Espanha e França."Com dois dias úteis mais em dezembro teríamos atingido os 3 milhões?, diz o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider. Em dezembro, a produção foi 17,7% menor que a de novembro por causa das férias coletivas nas empresas.Pelos cálculos da Anfavea, Espanha e França devem fechar 2007 com produção próxima de 2,9 milhões de unidades cada, o que dará vantagem ao Brasil, ainda que por pouca diferença. À frente do País permanecerão a Coréia do Sul (cerca de 4 milhões de veículos), Alemanha (mais de 5 milhões), China (mais de 7 milhões) e Japão e EUA (perto de 11 milhões).Em vendas, o Brasil deve ganhar pelo menos uma posição, saltando do nono para o oitavo lugar, ocupado em 2006 pela Espanha. Foram vendidos 2,462 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus em 2007 no mercado brasileiro, outro recorde. Do total de carros, 2 milhões são modelos flex. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.