Brasil vê clima mais positivo para acordo na OMC

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, disse na noite desta sexta-feira que notou algum avanço durante a reunião tripartite entre os representantes do G-21, o grupo dos países em desenvolvimento, dos Estados Unidos e da União Européia. "Definitivamente, criou-se hoje um clima mais positivo", disse. Segundo ele, "a atitude de americanos e europeus foi mais positiva" do que a reunião de quinta-feira. "Hoje à tarde, houve um esforço maior em esclarecer pontos, procurar soluções, embora não fosse uma reunião de negociação. Em mais de um ponto, senti a disposição deles de avançar", afirmou. Ele disse que os norte-americanos se mostraram mais flexíveis em questões como subsídios a exportações, enquanto os europeus estão mais dispostos a negociar questões como acesso a mercados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.