Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Brasil vende 1º lote de frango à China

Uma semana depois da visita de Lula, país adquire 12 contêineres de carne do Grupo Doux Frangosul

Célia Froufe, BRASÍLIA, O Estadao de S.Paulo

30 de maio de 2009 | 00h00

Uma semana depois de a comitiva chefiada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter deixado a China, o Brasil fechou o primeiro contrato de venda de frango para aquele país. O Grupo Doux Frangosul embarcará na próxima semana 12 contêineres com carne de frango para a China, segundo informações da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frangos (Abef). O volume negociado e a receita obtida não são informados por questões estratégicas da empresa. É possível estimar, porém, que o negócio tenha superado os US$ 500 mil. Cada contêiner tem cerca de 25 toneladas e o preço médio de pés e asas de frango é de US$ 2 mil a tonelada, enquanto o peito está cotado a US$ 3 mil."A China abriu as negociações para valer. Não fez como alguns países que fizeram acordo com o Brasil, mas até agora não adquiriram o produto, como a Índia", disse o presidente executivo da Abef, Francisco Turra. "Tudo aconteceu com muita rapidez após a visita do presidente Lula. É auspicioso." De acordo com o executivo, quando negociações desse tipo são fechadas entre países, o tempo médio para o primeiro embarque nunca é inferior a 40 dias.Turra salientou que o volume da primeira venda à China não é muito significativo, mas ele mostrou empolgação em relação à continuidade das negociações. "Já temos mais três acordos em andamento. Com certeza absoluta vamos vender muito mais." O presidente da Abef disse que tanto otimismo surgiu durante a viagem, junto com a comitiva brasileira, há sete dias. "Há muitas empresas lá interessadas em comprar carne de frango brasileira, como a Yum", comemorou.Os produtores brasileiros de frango têm algo mais a comemorar. Já está disponível no site da Administração Geral de Supervisão de Qualidade, Inspeção e Quarentena (AQSIQ, na sigla em inglês), da República Popular da China, a lista dos 24 frigoríficos brasileiros autorizados a exportar carne de frango para a China. Inicialmente, o país só havia concedido autorização para 22 deles, mas agora todos passaram pelo crivo chinês.A aprovação é o último passo antes da emissão das primeiras guias de importação, por parte de empresas chinesas. FRASEFrancisco TurraPresidente executivo da Abef"A China abriu as negociações para valer. Não fez comoalguns países que fizeram acordo com o Brasil, masaté agora não adquiriram o produto, como a Índia"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.