Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Brasileiro é eleito para diretoria-executiva da Organização Internacional do Café

Robério Silva substitui o colombiano Nestor Osório; Brasil comandou a organização durante 40 anos, até 2002 

Venilson Ferreira, da Agência Estado,

29 de setembro de 2011 | 17h35

O diretor do Departamento de Café do Ministério da Agricultura, Robério Silva, foi eleito nesta quinta-feira, 29, diretor-executivo da Organização Internacional do Café (OIC), durante a reunião do conselho da entidade, em Londres. Silva concorreu com o candidato mexicano Rodolfo Taubert. A informação foi confirmada pelo Ministério da Agricultura.

O Brasil retoma o comando da OIC, posição que ocupou durante 40 anos, até 2002, quando assumiu o cargo o colombiano Nestor Osório. No ano passado Osório pediu afastamento para representar seu país na Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Atualmente, o brasileiro José Sette é o diretor-executivo interino.

A escolha de Robério Silva teve o apoio de 80% dos países produtores de café, segundo o Ministério da Agricultura. "Após três dias de negociações, o presidente do Conselho da OIC consultou as delegações e constatou o apoio ao Brasil de 80% dos países produtores de café", afirma em nota o secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Manoel Bertone.

Caso a eleição fosse para votação, o candidato precisaria de 70% dos votos dos países produtores e 70% dos consumidores. Após a retirada da candidatura mexicana, os países importadores não precisaram demonstrar seus votos. "Os dois países tinham apoios importantes. O México teve uma postura extremamente ética e retirou sua candidatura buscando o fortalecimento da organização", acredita Bertone.

Além de Brasil e México, também a India buscava representação na direção da OIC. Na terça-feira o representante indiano, Krishna Rau, abandonou a disputa e apoiou oficialmente o diretor do Departamento do Café do Ministério da Agricultura, diz o Ministério.

Conforme a nota, a conquista da representação brasileira na OIC foi resultado de uma promoção conjunta realizada pelo governo federal. "Os embaixadores Marcos Vinicius Pinta Gama e Valdemar Carneiro Leão, representantes do Ministério das Relações Exteriores, assim como o secretário de Relações Exteriores do Ministério da Agricultura, Célio Porto, defenderam a indicação de Robério Silva ao cargo junto aos países produtores. A última vez em que um brasileiro dirigiu a OIC foi no período de 2000 a 2002, com Celsius Lodder. Atualmente, o brasileiro José Sette dirige interinamente a entidade, depois da saída antecipada do colombiano Nestor Osório."

Robério Silva é economista, formado pela Universidade Federal de Minas Gerais, executivo com 18 anos de experiência no mercado internacional e sete anos no governo federal. Já desempenhou atividades nos Ministérios da Agricultura, Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fazenda e Gabinete Civil da Presidência da República. Ocupa hoje a direção do Departamento do Café do Ministério da Agricultura.

Tudo o que sabemos sobre:
OICbrasileirodiretoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.