Brasileiro é eleito para presidir comissão da OIT

A Comissão de Aplicação de Normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) passará a ser presidida por um brasileiro. Para o cargo foi eleito por unanimidade Sérgio Paixão Pardo, que estava coordenando a assessoria internacional do ministro do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoini. A eleição do brasileiro foi apoiada pelos Estados Unidos e Colômbia. Em 2004, Sérgio Paixão foi cedido pelo ministro Berzoini para auxiliar a Argentina na presidência dessa mesma comissão. A eleição foi realizada na abertura da 93ª Conferência Internacional do Trabalho, que está sendo realizada em Genebra (Suíça). As informações são da Radiobrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.