finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Brasileiro espera gastar menos com impostos neste ano

Pesquisa constata também que 34% dos consumidores esperam investir mais em 2015

Yolanda Fordelone, O Estado de S. Paulo

12 de janeiro de 2015 | 03h00

Mesmo com o cenário econômico difícil projetado por analistas para 2015, o brasileiro está otimista quando o assunto é finanças pessoais. Para 40% dos consumidores, o motivo da confiança é a expectativa de gastar menos dinheiro neste ano do que em 2014, segundo uma pesquisa do Guia Bolso, plataforma de organização das finanças pessoais.

Do total de entrevistados, 73% espera um ano melhor em 2015 do que o vivido em 2014. “A maioria está otimista, mas o porcentual é menor do que na pesquisa passada”, lembra o sócio do Guia Bolso, Thiago Alvarez. Na passagem de 2013 para 2014, 91% das pessoas esperavam um ano melhor nas finanças, mas a explicação era a esperança de ter um aumento do salário e do patrimônio. 

“As pessoas têm dificuldade em projetar a inflação, mas sabem que os produtos estão mais caros hoje em dia e por isso agora imaginam que deverão apertar o cinto e gastar menos em 2015”, diz Alvarez.

Seguindo esta lógica, tal economia de gastos faz sobrar mais dinheiro no fim do mês. O levantamento mostra que 34% esperam investir mais em 2015. O terceiro motivo do otimismo recai sobre o salário: 26% dos participantes da pesquisa acreditam que a renda irá aumentar neste ano.

Há ainda o grupo dos pessimistas (13%) e aqueles que acham que as finanças neste ano não mudarão em relação a 2014 (14%). Na pesquisa, foram ouvidas 1.136 usuários da plataforma Guia Bolso no País.

Tudo o que sabemos sobre:
ImpostosIPTUIPVA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.