Brasileiro presidirá grupo de trabalho na OMC

O embaixador do Brasil na Organização Mundial do Comércio (OMC), Luiz Felipe Seixas Corrêa, foi nomeado presidente do Grupo de Trabalho sobre as Relações entre Comércio e Investimento da entidade. A OMC divulgou hoje a lista de todos os nomeados para dirigir os 25 conselhos, comitês e grupos de trabalho da organização. Os nomes só foram aprovados pelo Conselho Geral depois de semanas de negociação. Os novos responsáveis vão liderar as discussões da Rodada de Doha de negociações comerciais multilaterais, lançada em novembro, em Doha (Catar), e prevista para durar três anos.Depois da Conferência Ministerial, que tem o máximo poder deliberativo, o principal órgão da OMC é o Conselho Geral, que será presidido pelo embaixador canadense Sergio Marchi. No organograma da entidade, o Conselho se divide entre o Órgão de Resolução de Disputas, que ficará sobre a responsabilidade do embaixador uruguaio Carlos Perez del Castillo, e o Órgão de Revisão de Políticas Comerciais, a cargo de Amina Chawahir Mohamed, do Quênia. Em seguida vêm os conselhos e comitês e só depois, os grupos de trabalho.Em comunicado, o diretor geral da OMC, Mike Moore, informou que a finalização da lista de presidentes é mais um obstáculo superado nos esforços da entidade para cumprir os prazos determinados em Doha. A estrutura da chamada Agenda de Doha foi o primeiro grande entrave ao início das negociações, mas um acordo alcançado no início do mês permitiu a continuidade do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.