Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Brasileiro pretende gastar menos com presente do Dia das Mães

Segundo pesquisa do Ibre/FGV, a queda na estimativa do valor médio da compra para a data foi maior entre as famílias com renda mensal de R$ 4.800 a R$ 9.600

Vinicius Neder, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2019 | 16h22

O brasileiro pretende gastar menos com o presente de Dia das Mães deste ano, mostra uma pesquisa especial da Sondagem do Consumidor, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Na média nacional, os consumidores estimaram em R$ 65,00 o valor médio do presente deste ano. Em 2018, pesquisa semelhante apontou para um valor médio de R$ 67,10.

A pesquisa do Ibre/FGV entrevistou 1.737 brasileiros entre 2 e 20 de abril. A queda na estimativa do valor médio do presente foi maior entre as famílias com renda mensal de R$ 4.800 a R$ 9.600: de R$ 74,1 para R$ 71,1.

"O levantamento mostra que a recuperação tem sido lenta e por isso os consumidores voltaram a manter uma postura mais cautelosa", diz, em nota divulgada pelo Ibre/FGV, a coordenadora das Sondagens, Viviane Seda Bittencourt.

Se está propenso a gastar menos com o presente de Dia das Mães, o consumidor brasileiro, pelo menos, encontrará preços mais comportados na comparação com ano passado. Considerando os dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da FGV, na média, os preços dos presentes subiram 1,92% entre maio de 2018 e abril de 2019, em relação aos 12 meses imediatamente anteriores. A variação ficou abaixo da inflação medida pelo IPC, que foi de 5,19% no período.

O pesquisador Igor Lino, do Ibre/FGV, compôs a inflação média dos presentes com uma lista de 21 produtos. O presente que ficou mais caro foi a geladeira, com alta de 6,85%. Perfumes, aparelho de som e TVs ficaram mais baratos. O destaque foi o aparelho de TV, cujo preço caiu 4,67% no período.

Os preços de roupas femininas ficaram comportados, com alta de 1,97% entre maio de 2018 e abril de 2019. Conforme a pesquisa especial da Sondagem do Consumidor, 52,3% dos entrevistados pretendem dar roupas de presenta no Dia das Mães.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.