Brasileiro que viaja ao exterior já paga até R$ 2,16 por dólar

Casas de câmbio cobram R$ 0,10 a mais pela moeda americana; agências de turismo também sobem a cotação

Fabricio de Castro, do Jornal da Tarde,

02 Outubro 2008 | 19h05

O dólar turismo fechou nesta quinta-feira, 2, em R$ 2,06, mas a moeda americana já está, na prática, mais cara para quem vai viajar. Durante a tarde, a CVC - uma das maiores operadoras de turismo do Brasil - cotava o dólar a R$ 1,99. Quem fechou um pacote de viagens internacional no fim do dia, porém, pagou R$ 2,09 por dólar. Leia a íntegra da reportagem na edição do Jornal da Tarde desta sexta-feira, 3 Nas casas de câmbio, as cotações também dispararam. No início da tarde, quando o dólar ainda não havia rompido a barreira dos R$ 2, a casa de câmbio Confidence já cobrava R$ 2,14 pela moeda americana, enquanto a Cotação mantinha o câmbio em R$ 2,16.  A oscilação da moeda, nas últimas semanas, já afeta as reservas internacionais. Segundo Plínio Nascimento, diretor da Nascimento Turismo e da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), as reservas caíram no último mês. "O problema não é tanto a alta do dólar, mas sim a variação do câmbio. Com a oscilação, o brasileiro fica com receio de fechar o pacote", explica.

Mais conteúdo sobre:
DólarCâmbioTurismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.