Brasileiros batem recorde de gastos com viagens internacionais

Impulsionados pelo real valorizado epelo crescimento da renda, os gastos de brasileiros com viagensinternacionais somaram 1 bilhão de dólares em junho, maiorvalor mensal da série histórica do Banco Central, mostraramdados divulgados nesta segunda-feira. O valor, que representou um crescimento de 51 por cento emrelação às despesas realizadas pelos turistas brasileiros emjunho do ano passado, já foi superado em julho, mês de fériasescolares no Brasil. Até o dia 28, os gastos com viagenssomaram 1,104 bilhão de dados, segundo dados parciaisdivulgados pelo BC. No primeiro semestre, essas despesas cresceram 58 por centofrente a 2007 e totalizam 5,534 bilhões de dólares, tambémrecorde para a série, que teve início em 1947. A disparada dos gastos tem sido parcialmente compensada porum crescimento das despesas de turistas estrangeiros em viagemao país. No primeiro semestre, essas receitas também bateramrecorde, tendo somado 2,899 bilhões de dólares. Ainda assim, o déficit da conta "viagens" das transaçõescorrentes brasileira no semestre foi de 2,635 bilhões dedólares, valor recorde, o que contribuiu para que o paísregistrasse um resultado negativo também recorde em suas contasexternas de 17,4 bilhões de dólares no período. "Esse déficit deve continuar crescento nos próximos meses",afirmou a jornalistas o chefe do Departamento Econômico doBanco Central, Altamir Lopes, acrescentando que as despesas comviagens seguirão crescendo em ritmo mais forte do que asreceitas no curto prazo. Ele ponderou, contudo, que, no médio prazo, a tendência éde acomodação dos dados, com uma esperada aceleração dos gastosde estrangeiros. (Reportagem de Isabel Versiani; Edição de Renato Andrade)

REUTERS

28 de julho de 2008 | 16h58

Mais conteúdo sobre:
BACENVIAGEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.