Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Brasileiros gastam US$ 2,4 bilhões em viagens ao exterior em agosto

Segundo dados do Banco Central, a conta de viagens registrou déficit de US$ 1,855 bilhão

Célia Froufe, Victor Martins, O Estado de S. Paulo

24 de setembro de 2014 | 10h57

BRASÍLIA - A conta de viagens internacionais registrou um saldo líquido negativo de US$ 1,855 bilhão em agosto. Segundo dados divulgados pelo Banco Central, este déficit é resultado do volume de despesas pagas por brasileiros no exterior, no total de US$ 2,354 bilhões, acima das receitas obtidas com turistas estrangeiros em passeio pelo Brasil (US$ 499 milhões).

O saldo negativo de agosto foi 9,8% maior do que o visto no mesmo mês de 2013, quando ficou negativo em US$ 1,690 bilhão. No período, os gastos dos estrangeiros no Brasil recuaram 3,6% enquanto o total gasto por brasileiros no exterior subiu 6,6%.

Dentre as despesas de brasileiros no exterior, o maior dispêndio foi com turismo (US$ 1,67 bilhão). No cartão de crédito foi gasto US$ 1,017 bilhão. Os demais gastos foram com negócios (US$ 539,7 milhões), para fins educacionais, culturais ou esportivos (US$ 138,7 milhões), por motivos de saúde (US$ 4,2 milhões) e de funcionários públicos (US$ 1,3 milhão).

No acumulado de 2014, o déficit da conta de viagens soma US$ 12,319 bilhões, ante US$ 12,073 bilhões negativos do acumulado em 2013 no mesmo período. 

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Centralsetor externo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.