coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Brasileiros no exterior que dependem da Varig serão ajudados

O Itamaraty informou nesta quarta-feira que será analisada caso a caso, por embaixadas ou consulados, a situação dos brasileiros que se encontram no Exterior e dependem, para retornar ao Brasil, de passagens emitidas pela Varig. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, ao assegurar que esses brasileiros terão ajuda do governo, adiantou que, nessa ajuda, o Ministério das Relações não inclui o pagamento de passagens e hospedagem, salvo em casos críticos. Por outro lado, os estrangeiros que estão no Brasil de posse de passagens da Varig e com vôos cancelados deverão entrar em contato com as embaixadas e consulados de seus países. O plano de atendimento de brasileiros no Exterior que tenham passagens da Varig está sendo formulado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Ao governo caberá a função de aplicá-lo, na linha de frente. Cancelamentos Mais dois vôos domésticos da Varig foram cancelados nesta segunda-feira. Segundo informou a companhia aérea, os dois sairiam do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, pela manhã: um com destino a Porto Alegre, com partida marcada para às 8h35, e outro para o Rio de Janeiro, às 9h30. Com isso, são 71 vôos cancelados desde o último final de semana.Além disso, os passageiros da companhia enfrentaram outro problema nesta quarta. Um vôo que partiria de Guarulhos às 11 horas, com destino a Manaus, Amazonas, foi adiado para as 14h30. Em Congonhas não havia sido registrado nenhum cancelamento. Segundo reportagem da Rádio Eldorado, além dos transtornos de recolocação de passageiros em caso de suspensão de vôos, ainda existe o problema de gastos. Este foi o caso da equipe masculina de Handebol do México, que deveria ter voltado de um campeonato no último domingo, mas conseguiu vôo somente nesta quarta. "Tivemos que pagar a alimentação e o custeio da estadia dos atletas", explicou o treinador do time, Alfredo Mendes.

Agencia Estado,

14 de junho de 2006 | 17h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.